Filmes, um pouco do que penso

Gostar de filmes de terror é um saco.

Não lembro o primeiro filme de terror que assisti, mas me lembro muito bem do primeiro filme que me marcou. Eu era bem novinha e minha irmã e meu cunhado tiveram a brilhante ideia de deixar eu assistir a um filme de zumbis com eles.
Não me levem a mal, hoje adoro zumbis e sou fã de The Walking Dead, mas para uma criança a ideia de uma pessoa morta te morder e você morrer também é horripilante. “Todo Mundo Quase Morto”  é o nome do filme que me tirou o sono por dias e preocupada por semanas. Nunca mais tive coragem de assistir isso de novo, mas eu sei que é um filme trash, aqueles que são pra você dar risada e não para sentir medo. Mas tudo o que eu consigo lembrar é das noites que eu passei olhando a rua pela janela de casa e achando que a qualquer momento ia aparecer uma pessoa morta para me matar e que toda a humanidade iria morrer.
Depois disso peguei uma aversão gigantesca por filmes de terror e isso se uniu ao fato de que a maior parte deles traz como principal tema espíritos e isso é uma coisa que eu acredito e morro, m o r r o de medo. É aquele tipo de coisa que você não precisa ver para acreditar, está bom assim mesmo.
Não sei como e nem por quê comecei a pegar gosto pela coisa, mas de uns tempos pra cá tenho percebido que o único gênero de filme que quero ver é Terror/Suspense. Tá, tem aqueles dias que quero ver um filminho água com açúcar e chorar pelo amor perdido da mocinha, mas quase todos os dias da minha vida eu escolho sentir medo em frente à tv. Meus amigos acham isso um saco, porque ou eles tem medo ou simplesmente não gostam.
Como uma pessoa que assiste a tudo relacionado ao terror, criei um senso crítico muito aguçado e capaz de perceber que: a maior parte dos filmes de terror é uma merda. Me desculpem a palavra, mas é. Me doi dizer isso, mas são praticamente todos iguais. Lanço aqui um desafio: assistam  uns cinco filmes de terror seguidos e me digam o que eles tem de igual.
Já posso prever algumas cenas: aquela que tem alguém olhando por algum buraco de fechadura, porta e o raio que o parta e de repente aparece uma criatura macabra olhando de volta. Também tem aquela cena em que o personagem acha que tem algo embaixo da cama, olha pra baixo e fica aliviado que não tem nada demais, mas quando solta o seu suspiro de alívio vê a razão do seu medo bem na sua frente. Posso ficar aqui descrevendo várias cenas do tipo. Muitas se repetem. E perceber isso é um saco.








Uma vez eu resolvi me aventurar pelos livros assustadores e comecei a ler “Desespero” do Stephen King. O meu maior erro foi ver a adaptação do livro em filme, meu Deus, como estragar uma história ótima em apenas uma hora e poucos minutos? Péssimos atores e efeitos terríveis fizeram a história de um dos maiores escritores desse gênero ser motivo de piada para quem assistiu só o filme e não teve o prazer de ler cada palavra do livro.
Hoje eu sei que só assisto filmes de terror na esperança de achar algum que me surpreenda, que realmente faça eu pensar: MEU DEUS, não quero dormir sozinha hoje; que faça eu querer fechar a porta do meu guarda-roupa de medo que alguma coisa saia e queira me matar.
Gostando desse gênero também pude perceber que, não, terror não combina com comédia, em hipótese alguma. O último filme que vi foi Sobrenatural 2 e fiquei decepcionada . Não lembro muito bem do primeiro, não sei se era assim também, mas sempre tinha algum momento engraçadinho que cortava totalmente o clima.
Um dos melhores filmes que fazem sentir medo são aqueles que você fica o tempo todo na expectativa de ver alguma coisa e no fim não aparece nada, vide o sucesso de Atividade Paranormal. Você fica o tempo todo grudado na cadeira do cinema esperando o momento em que aparecerá algo. Bruxa de Blair também é nesse estilo, de deixar você apreensivo todos os minutos. Mas infelizmente esse tipo de filme também está virando mais do mesmo, tem muita coisa ruim por aí.
Toda vez que eu vejo um filme de terror eu fico decepcionada, pode ser que eu que tenha adquirido um escudo contra esses monstros e nada mais que apareça na tela me dê medo, mas a minha única vontade quando saio do cinema é dizer: Apenas parem, parem de estragar filmes de terror.
Deixo vocês com a linda lista de gifs que atormenta o sono de qualquer pessoa
FOLLOW
Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply